Every Portrait

De vez em quando acusam-me de não ver as coisas. Ou de não as ver para além do meu umbigo. Um dia li que os nativos de Balança não querem saber como os outros são, apenas se importam com o que os outros são aos seus olhos. E depois Oscar Wilde, esse deus dos oráculos, diz every portrait that is painted with feeling is a portrait of the artist, not of the sitter.

E a verdade é que se há coisa porque me esforço, é para que a minha vida seja um reflexo de mim  e não um amontoado de polaroids alheias.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s